Vivemos em um mundo mais urgente, que cobra resultados o tempo todo e com isso as pessoas precisam se desgastar muito mais para cumprir todas as suas metas. Mas esta correria descontrolada pode acabar trazendo prejuízos à saúde. Por opção ou necessidade, muitas pessoas acabam encarando trabalhos noturnos, o que acaba oferecendo uma série de riscos à qualidade de vida e até ao controle do peso.

Trabalhar à noite

Trabalhar à noite

Segundo cientistas, as pessoas que trabalham à noite, especialmente as mulheres, ficam com uma produção desregulada de hormônios como a grelina e xenina, que são responsáveis por regular o apetite. Com isso, estas pessoas tem mais chance de engordar e de não ter controle sobre a própria fome.

Além disso, os trabalhadores noturnos podem desenvolver maior estresse, o que faz com que comam de maneira descontrolada e estimula a preferência à opções mais gordurosas e calóricas e pouco nutritivas. Em quem trabalha à noite, o hormônio da saciedade tende a não dar o alerta de que a pessoa já comeu o suficiente, levando o indivíduo a comer mais do que realmente precisa. Em breve devem entrar no mercado medicamentos que regulem a produção e a ação destes hormônios.

Érica SantosBem-EstarSaúde e Belezaa noite,engordar,noite,trabalhar,trabalhar a noite,trabalhos noturnos
Vivemos em um mundo mais urgente, que cobra resultados o tempo todo e com isso as pessoas precisam se desgastar muito mais para cumprir todas as suas metas. Mas esta correria descontrolada pode acabar trazendo prejuízos à saúde. Por opção ou necessidade, muitas pessoas acabam encarando trabalhos noturnos, o...
Compartilhe: